Condenado pelo Mensalão ficou 27 dias no hospital




Após 27 dias internado, o deputado federal José Genoino (PT-SP) recebeu alta nesta terça-feira (20) e deixou o Hospital Sírio-Libanês, o mais caro e disputado do País, onde se submeteu a uma cirurgia na aorta. Condenado à prisão pelo Supremo Tribunal Federal na Ação Penal 470 (Mensalão do PT), Genoino foi internado às pressas após sentir-se mal em Ubatuba, cidade do litoral norte paulista. No hospital onde são tratados nove entre dez políticos, sempre financiados pelo suado dinheiro do contribuinte, o mensaleiro José Genoino conseguiu corrigir uma dissecção da aorta, processo em que a artéria abre-se em camadas e provoca hemorragia.

Leia Senado gasta R$ 5 milhões com Sírio-Libanês em apenas seis meses


Além do problema na aorta, o deputado petista sofreu uma isquemia cerebral leve, que de acordo com os médicos foi prontamente revertida. Desse período de internação do mensaleiro petista os brasileiros serão contemplados com uma conta que deve variar entre R$ 700 mil e R$ 1 milhão, que em breve será apresentada à Câmara dos Deputados. Sem contar o salário e as verbas parlamentares do período, cujo valor já foi depositado em conta.


Qual sua opinião sobre o assunto?
Ucho


4 Comentários
 
Topo