Grupo alterou links de postagens do presidente norte-americano para outros que mostravam um vídeo sobre a Síria
O Exército Eletrônico Sírio, grupo que se declara apoiador de Bashar Assad, hackeou as contas no Twitter e Facebook do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nesta segunda-feira, 28. A informação foi confirmada pelo grupo ao site Mashable.
Os hackers não chegaram a acessar diretamente as contas do presidente, mas conseguiram alterar os links das postagens publicadas por outros, que redirecionavam para o endereço de um vídeo publicado no site do grupo e que mostraria “a verdade sobre a Síria”. “Obama não tem problemas éticos em espiar o mundo, então nós tomamos a responsabilidade de retornar o favor”, disse o grupo por meio de um tweet publicado em sua conta oficial. O ataque aconteceu por volta das 15 horas em Brasília e rapidamente todos os links foram consertados.
Tweets do presidente tiveram links alterados pelos hackers. 
 
O Exército Eletrônico Sírio também enviou ao Mashable e postou em sua conta no Twitter imagens que mostram como os posts do presidente americano nas redes sociais foram alterados. De acordo com as imagens, o grupo conseguiu acessar o e-mail de uma das administradoras do site BarackObama.com, Suzanne Snurpus, o que deu acesso ao painel de controle das redes sociais.
Imagens divulgadas pelos hackers mostram caixa de entrada do endereço de e-mail de uma das administradoras das redes sociais do presidente norte-americano

Suzanne confirmou que sua conta foi hackeada e informou que ela e outros organizadores tomaram todas as medidas necessárias para corrigir os erros, mudando suas senhas e adicionando uma nova camada de segurança ao site.
Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!
Fontes: Estadão, The Hacker News e Mashable
0 Comentários
 
Topo