Defensores de duendes se uniram a ambientalistas para preservar área que acreditam ser habitada pelas criaturas mitológicas.

Um juiz decidiu interromper um projeto de construção de uma rodovia pois ele poderia acarretar um impacto na vida dos Duendes que viveriam na região. O caso ganhou força após defensores da criatura mitológica se unirem a ambientalistas para evitar que a obra fosse iniciada.

 A estrada seria criada na pequena cidade de Álftanes, na Islândia. A paisagem árida conta com uma igreja elfo, e os ativistas acreditam que as criaturas podem de fato viver lá. O grupo de Defensores Elfos realizou uma campanha que acabou recebendo apoio de grande parte da população, fazendo com que a Suprema Corte da Islândia interrompesse a execução da obra.



No país, grande parte da população acredita que os duendes podem viver no local. Em 2007, 62% das pessoas envolvidas em uma pesquisa realizada pela Universidade da Islândia, afirmaram acreditar que era possível existir elfos. No início deste mês, foi estabelecido um recorde em Bridgend, com o maior número de “elfos” reunidos num só lugar.

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!

Fonte: Mirror e TechMestre
1 Comentários
 
Topo