Segundo reportagem que foi exibida no Fantástico deste domingo, vítimas da seca no Nordeste recebem água contaminada em caminhões-pipa. São 835 cidades, em nove Estados, totalizando quase quatro milhões de pessoas que recebem água por este meio e sofrem com o problema. O principal responsável pela distribuição de água no semi-árido brasileiro é o Exército, que coordena a "Operação carro-pipa".
Este ano, o governo federal já gastou mais de meio bilhão de reais no programa, que conta com cerca de seis mil "pipeiros", como são chamados os caminhoneiros que distribuem a água. Em alguns casos, os caminhões-pipa utilizam tanques que eram utilizados para estocar combustíveis. A lei manda que quando se esgota a vida útil desses tanques, ele seja incinerado e destruído.
Os caminhoneiros recebem do Exército um pagamento de até R$15 mil por mês. Segundo a reportagem, números da Polícia Rodoviária Federal apontam que nos últimos dois anos já foram identificados 70 caminhões-pipa suspeitos de transportar água em tanques que já armazenaram combustível. Esses veículos prestavam serviço para o Exército e também para Estados e prefeituras.
Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!
Fonte: Terra
1 Comentários
 
Topo