No aniversário da morte do jovem hacker e ativista digital Aaron Swartz na sexta-feira, o Anonymous relançou a Operação 'Last Resort' e desconfigurou o site do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, por sua sigla em Inglês ), deixando mensagem de protesto!


O jovem, que foi um dos criadores do sistema RSS (que transmite atualizações de publicações), teria suicidado aos 26 anos, depois de ter sido acusado de fraude eletrônica, fraude de computador e outros delitos para os quais não encontraram evidências. O MIT afirmou que teve uma posição neutra sobre a "perseguição" de Aaron, mas mais tarde soube-se que a escola provavelmente teve um papel ativo na sua acusação.


"A morte de Aaron não é simples tragédia pessoal. É efeito de um sistema de justiça criminal contaminado pela intimidação e pela perseguição ilegal, descabida, inadmissível, sem limites", cita declaração da família do jovem prodígio de 26 anos; ativista da Internet foi um dos criadores do RSS dentre diversas outra atividades!

Leia também:
Família de Aaron Swartz culpa promoteres por suicídio
Criador do RSS e Reddit era aliado e fonte do WikiLeaks

Comente abaixo sua opinião sobre Aaron Swartz e o ataque de hoje!



0 Comentários
 
Topo