Um vídeo feito pela Folha mostra um guarda municipal agredindo um homem durante a manifestação contra a Copa do Mundo no último sábado (25). A prefeitura informou que o agressor foi afastado.

No início do vídeo, um dos guardas municipais se aproxima e questiona um homem que o filmava com uma câmera de mão: "vai filmar?". O cinegrafista responde: "Por quê, não pode, irmão?". O mesmo guarda então responde que o homem "pode filmar à vontade" e conclui: "Vou descer o cacete".

O grupo composto por dois fotógrafos, um repórter da Folha e o homem agredido se afasta. Quando se aproximam novamente, outro guarda civil acerta um golpe de cassetete no capacete do homem desconhecido. Com o impacto do golpe, o cassetete do guarda cai no chão. O homem argumenta que não estava fazendo nada para ter sido agredido e se identifica como "imprensa".

Após a gravação do vídeo, os policiais usaram spray de pimenta para afastar os repórteres. A confusão ocorreu minutos após um grupo de pessoas subir no carro da CGM (Guarda Civil Metropolitana) que estava próximo aos guardas. Os manifestantes chegaram a tentar virar o veículo, mas não conseguiram.

Em nota, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana informou que o caso será investigado imediatamente pela Corregedoria da Guarda Civil Metropolitana e que o agente envolvido será afastado e "irá exercer funções administrativas até que se conclua processo de investigação."

O município afirmou ainda que "lamenta a agressão e reafirma seu respeito ao livre exercício do trabalho jornalístico." Assista ao vídeo GCM ameaça e agride jornalistas:



Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!

Fonte: Folha de S.Paulo


0 Comentários
 
Topo