Dados de mais de 400 milhões de usuários do serviço de mensagens WhatsApp, podem cair nas mãos de criminosos, após ter sido detectado um novo tipo de vírus. O malware Zeus, um dos trojans mais perigosos, ao infectar uma máquina permanece oculto até que o usuário acesse sua conta bancária, em seguida rouba senhas e dados de acesso.

No ano passado o Facebook disseminou o vírus, agora o malware usa o aplicativo WhatsApp. Segundo o Laboratório de Investigação da ESET América Latina, tudo começa quando o usuário recebe uma mensagem com o assunto "missed-message.zip" que tem como remetente o WhatsApp e afirma ser uma mensagem de voz.

Para evitar ser mais uma vítima do vírus, o ESET recomenda utilizar programas que detectam estes tipos de ameaça e também sempre verificar o remetente das mensagens e o arquivo que é enviado. Esta semana, muitos usuários do WhatsApp denunciaram terem recebido mensagens, que tem por finalidade fraudar, "Estou te escrevendo pelo wasap [ WhatsApp ] diga-me se você tem recebido os meus posts que eu enviei no outro dia?", é um exemplo.

O número do remetente é 25568, e se o usuário responder estará automaticamente inscrito em um serviço de mensagens 'premium', para o qual pagará por cada mensagem recebida, que podem ser várias por dia e com uma taxa especial. Os especialistas recomendam para quem já têm caiu na armadilha, contacte a operadora de telefonia para bloquear o número.

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto!

Fonte: RT

0 Comentários
 
Topo