Syrian Eletronic Army hackeia Ebay e Paypal "por negarem aos Sírios a possibilidade comprarem produtos on-line", diz SEA

Os hackers adicionaram o Paypal e o Ebay a sua lista de vítimas. Hoje, em um tweet de sua conta oficial do Syrian Eletronic Army, confirmou que eles invadiram o registro do domínio do Paypal e Ebay que é administrado por Mark Monitor.

Por negar aos cidadãos sírios a possibiliade de comprarem produtos on-line, Paypal foi hackeado pelo SEA. A imagem mostrou que SEA foi capaz de acessar o painel de administração, o próximo passo seria editar a informação do DNS dos sites e desconfigurar o site.

Atualmente o Paypal é uma das maiores empresas de e-commerce, permitindo pagamentos e transferências de dinheiro através da Internet, enquanto o Ebay é uma corporação multinacional americana que com vendas diretas consumidor para consumidor, popularmente usada para compras on-line em todo o mundo. Em 3 de outubro de 2002, o PayPal se tornou uma subsidiária da Ebay.

Os sites de domínio do Reino Unido (paypal.co.uk e ebay.co.uk), foram desconfigurados, no site haviam palavras contra o governo americano e longa vida aos Sírios.

Alguns outros tweets do Syrian Eletronic Army, mencionaram o ocorrido: "Tenham certeza, esta foi uma operação puramente hacktivista, nenhuma conta de usuário ou dados foram tocados".
"Se a sua conta Paypal estiver inacessível por alguns minutos, pense nos sírios que há mais de 3 anos tem o serviço negado".



Ainda não está claro como o SEA conseguiu invadir a conta, criando muitos questionamentos sobre a segurança do Mark Monitor, Ebay e Paypal. No início deste ano a CNN e a Microsoft foram vítimas da SEA.

Fonte: TechWorm

Contribua para o debate, comente abaixo sobre o assunto colocado. 




0 Comentários
 
Topo