#OpMaisPãoMenosOpressão já acontece em diferentes cidades do Brasil, dia 22 de Agosto será no Rio de Janeiro

Na sexta (22), a partir das 18 horas, vários Anonymous vão se unir para promover a Operação Mais Pão Menos Opressão. O ato vai distribuir lanches, sucos, roupas, calçados, cobertores, produtos de higiene pessoal e acontece em pontos estratégicos.

Durante o evento são experimentadas situações para a transformação da consciência política da sociedade, como a aproximação do cidadão com o morador em situação de rua e um cenário favorável para que o morador "saia da invisibilidade social". A concentração do ato acontece no Largo Da Carioca a partir das 18h. Lá será feita a separação das doações, reconhecimento das equipes e participantes, além de informar as coordenadas e como funciona a distribuição. Acesse aqui o evento e saiba como ajudar.

Leia Faça você mesmo a solidária #Operação Mais Pão Menos Opressão na sua cidade 
#Operação mais Pão menos Opressão; como trazer para a sua cidade 

Leia chamada do evento no Facebook:

Para receber os turistas e os Megaeventos, a Prefeitura realizou uma "faxina" nas ruas da cidade, intensificando as ações de recolhimentos da população em situação de rua, sob o pretexto de combater o crack. Segundo dados do “Rio Acolhedor”, localizado no bairro da Piedade, na zona Norte da cidade, de maio de 2010 a Setembro de 2013, quase 50% dos recolhimentos, mais de 26 mil, ocorreram na Zona Sul.

A desativação do antigo abrigo da Praça da Bandeira, ao lado do Maracanã, e a construção de uma nova unidade em um local distante dos principais pontos turísticos da cidade também chamaram a atenção do MP-RJ. Para o promotor Rogério Pacheco, autor da denúncia, isso se configura como uma “violenta estratégia de limpeza das ruas”. Após inspeções, em 2013, o MP-RJ concluiu que a prefeitura descumpriu diversos compromissos firmados em um termo de ajustamento de conduta (TAC).

Segundo o processo, as remoções eram feitas sem a presença de um assistente social, com tratamento truculento e utilização de armas de choque. Além disso, os abrigos estavam superlotados, não ofereciam quantidade suficiente de refeições e careciam de atendimento médico adequado. A criminalização dos mais pobres e das manifestações populares evidencia a ampliação da violência estatal na sociedade.

 Lista de doações:

Segue em duas partes a lista da Operação Mais Pão Menos Opressão de Sexta-Feira, dia 22, com concentração às 18h, na Carioca! O que tem: 6 litros de caldo de ervilha, bolo, 20 guaravitas, sanduiches, kits de higiene, curativos, saquinhos de bala para as crianças!

O que precisa:  Mais sanduiches, mais suco ou guaravita água [não precisa ser comprada - pode ser filtrada em garrafas pet reutilizadas], guardanapo, copos descartáveis, roupas, cobertas, agasalhos.

Pouco a pouco a lista será atualizada de acordo com o que for notificado como doação! Não há doação determinada, então, se você não quer doar sanduiches, mas alguma coisa em especial como o bolo, ou algum quitute que você queira fazer, sinta-se a vontade! O mesmo vale para mais kits de higiene ou outro que você ache válido ofertar. A notificação sobre doação pode ser feita aqui nos próprios comentários ou via inbox! Vale lembrar que não aceitamos doação de dinheiro!Clique aqui para ver a lista no Facebook.

Assista ao relato de parte da realidade do que ocorreu no Rio de Janeiro:



Importante frizar que a #OperaçãoMaisPãoMenosOpressão acontece em diferentes cidades pelo Brasil e serve para mostrar a sociedade que 'ser Anonymous' vai bem além do hacktivismo ou qualquer outra atividade que possa fazer associação com a ideia.

Assista ao vídeo da 7° edição Anonymous helps homeless #OpMaisPãoMenosOpressão VII:



Comente abaixo sua opinião sobre esta Operação!

0 Comentários
 
Topo