2018. Cheque na conta da Michelle Bolsonaro não embasaram ação da PF contra Bolsonaro. 2020. Depósitos na conta da primeira dama do RJ embasaram ação da PF contra Witzel. Depois da troca na PF por 'falta de produtividade', operação foi feita. Moro denunciou tentativa de interferência...Deputada Carla Zambelli ontem, 25/05/2020, disse que teria operação covidão contra governadores, coincidência ou ela tinha informação privilegiada/vazada? Sobre vaga no STF ela disse que não falava em nome do Bolsonaro. Agentes da PF de Brasília estão no RJ na residência do ex-juiz Federal e ex militar Wilson Witzel. Governador tem interesse em se candidatar pra presidente em 2022... Se roubou tem mesmo que pagar, agora se for uma ação premeditada com interferência fica muitas perguntas no ar... Olha a produtividade, ou falta dela, ai gente... PF não pode ser politizada. PF não é de um governante, pertence ao Brasil, não pra uma pessoa em específico. Moro acusou de tentativa de interferência... #OperaçãoPlacebo 





1 dia antes de Witzel, adversário político do Bolsonaro ser alvo da PF, a Deputada Federal bolsonarista Carla Zambelli deu entrevista. "A gente já teve algumas operações da Polícia Federal que estavam na boca para sair e não saíam. A gente deve ter nos próximos meses o que a gente vai chamar talvez de 'covidão' ou não sei o nome que eles vão dar, mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal", disse Carla Zambelli. #OperaçãoPlacebo foi o nome escolhido.

"Parabéns à PF", diz Bolsonaro sobre Witzel ser alvo: https://www.facebook.com/AnonymousBr4sil/videos/250112539396066/






"Parabéns à Polícia Federal. Fiquei sabendo agora pela mídia", falou Bolsonaro sobre Witzel, adversário político do presidente, ter sido alvo. "Pergunta pra ela", disse Bolsonaro quando questionado se Zambelli ter dito ontem que governadores seriam alvos da PF e se ela sabia da operação. Apoiadores de diferentes cidades no Brasil. Empreendedor pede ajuda ao Bolsonaro. "Queremos que o senhor governe esta nação pra tirar esse Brasil das mãos dos corruptos", falou apoiadora.

"Quem tocar no senhor tá tocando na menina dos olhos de Deus, quem se levantar contra o senhor vai se levantar pra cair em nome de Jesus", disse apoiadora.

"Jornalismo falar que foi agredir", sobre imprensa abandonar o cercadinho por falta de segurança. "Fiquei sabendo que a coisa tá preta lá no Palácio das Laranjeiras (Residência do Witzel alvo da PF de Brasília)", disse apoiador ao Bolsonaro.

1 dia antes de Witzel, adversário político do Bolsonaro ser alvo da PF, a Deputada Federal bolsonarista Carla Zambelli deu entrevista. "A gente já teve algumas operações da Polícia Federal que estavam na boca para sair e não saíam. A gente deve ter nos próximos meses o que a gente vai chamar talvez de 'covidão' ou não sei o nome que eles vão dar, mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal", disse Carla Zambelli:
https://www.fb.com/watch/?v=674440116672030






"Não há absolutamente nenhuma participação ou autoria minha em nenhum tipo de irregularidade nas questões que envolvem as denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal. Estranha-me e indigna-me sobremaneira o fato absolutamente claro de que deputados bolsonaristas tenham anunciado em redes sociais nos últimos dias uma operação da Polícia Federal direcionada a mim, o que demonstra limpidamente que houve vazamento, com a construção de uma narrativa que jamais se confirmará. A interferência anunciada pelo presidente da república está devidamente oficializada. Estou à disposição da Justiça, meus sigilos abertos e estou tranquilo sobre o desdobramento dos fatos. Sigo em alinhamento com a Justiça para que se apure rapidamente os fatos. Não abandonarei meus princípios e muito menos o Estado do Rio de Janeiro".



Ver essa foto no Instagram

Depósitos na conta da primeira-dama do RJ embasaram operação da PF contra Witzel. Efeito Bolsonaro em ação contra adversário político? Deputada Carla Zambelli ontem disse que teria operação covidão contra governadores, coincidência ou ela tinha informação privilegiada/vazada? Sobre vaga no STF ela disse que não falava em nome do Bolsonaro. Agentes da PF de Brasília estão no RJ na residência do ex-juiz Federal e ex militar Wilson Witzel. Governador tem interesse em se candidatar pra presidente em 2022... Se roubou tem mesmo que pagar, agora se for uma ação premeditada com interferência fica muitas perguntas no ar... Olha a produtividade, ou falta dela, ai gente... PF não pode ser politizada. PF não é de um governante, pertence ao Brasil, não pra uma pessoa em específico. Moro acusou de tentativa de interferência... #OperaçãoPlacebo Vídeo da Zambelli: https://www.fb.com/watch/?v=674440116672030 "Parabéns à PF", diz Bolsonaro sobre Witzel ser alvo: https://www.facebook.com/watch/?v=250112539396066 "Vai ter operação", diz Zambelli; Bolsonaro: "Parabéns à PF.": https://www.anonymousbr4sil.net/2020/05/vai-ter-operacao-diz-zambelli-bolsonaro.html

Uma publicação compartilhada por AnonymousBr4sil (@anonymousbr4silnet) em



"Na família do presidente, a PF engaveta inquéritos, vaza informações. O senador Flávio Bolsonaro, com todas as provas que temos contra ele e que estão sendo apresentadas, dinheiro em espécie depositado em contas, lavagem de dinheiro, bens injustificáveis. O senador Flávio Bolsonaro deveria estar preso", disse o ex-juiz e ex-militar Witzel. "Continuarei lutando contra esse fascismo que está se instalando no país, contra essa ditadura da perseguição. Não permitirei infelizmente que esse
presidente que eu ajudei a eleger se torne mais um ditador na América Latina", disse Witzel.

"A Polícia Federal deveria fazer seu trabalho com a mesma celeridade que passou a fazer no Rio porque o presidente acredita que eu estou
perseguindo a família dele. E ele só tem essa justificativa de me perseguir politicamente. Acusações levianas estão sendo feitas a mim, mas tudo isso será esclarecido de forma clara nos processos", falou Witzel.

"Não há absolutamente nenhuma participação ou autoria minha em nenhum tipo de irregularidade nas questões que envolvem as denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal. Estranha-me e indigna-me sobremaneira o fato absolutamente claro de que deputados bolsonaristas tenham anunciado em redes sociais nos últimos dias uma operação da Polícia Federal direcionada a mim, o que demonstra limpidamente que houve vazamento, com a construção de uma narrativa que jamais se confirmará. A interferência anunciada pelo presidente da República está devidamente oficializada. Estou à disposição da Justiça, meus sigilos abertos e estou tranquilo sobre o desdobramento dos fatos. Sigo em alinhamento com a Justiça para que se apure rapidamente os fatos. Não abandonarei meus princípios e muito menos o Estado do Rio de Janeiro", falou Witzel.

"Estou com a minha consciência tranquila. Prometi ao povo que não o decepcionarei e não vou decepcioná-los", disse o governador.




0 Comentários
 
Topo